terça-feira, 19 de abril de 2011

Palavras Versadas


TALVEZ BANCO

Foi antes de nascer que nasci
um pássaro pousa nos meus lábios
a noite estatela-se no solo
levem o moinho e deixem-me
talvez banco
talvez lençol branco
talvez a jacto
talvez agora
talvez louvado seja
talvez violino
depois de morrer morrerei


João Belo