terça-feira, 7 de setembro de 2010

Palavras Versadas


SAUDADE

se bem que o conjunto de vocábulos {quarto de hotel}
ou a referência a um qualquer
nome próprio e apelido conhecidos,
{como fernando pessoa, por exemplo}
ou ainda a algum lugar exótico, ficassem bem nes-
te poema, como é, sem negação possível, a tendência
actual, não o farei.

porque nos poemas, assim creio, o sujeito só deve representar
o que sente
e, precisamente e enquanto tal, neste poema
só tenho a dizer o que sinto: e o que sinto é que
esta saudade sem distância
é tão simplesmente
um enorme inalador de silêncio.


Sylvia Beirute

1 comentário:

BlueAngel disse...

Simples , sincero e verdadeiro...
demais...
:)